Quebra da tela é a principal causa de conserto de smartphones

Quebra da tela é a principal causa de conserto de smartphones

A quebra da tela do smartphone é um problema recorrente na vida dos brasileiros, de acordo com um novo levantamento da Rede Multi Assistência, que reúne uma rede de assistências técnicas. No total, 60% dos casos que demandam consertos não relacionados a software envolvem algum problema com o display do aparelho. O levantamento foi feito com base em 5,2 mil casos de conserto registrados pelas lojas franqueadas da Rede Multi Assistência entre julho de 2016 e abril de 2017.

A pesquisa também indicou que o iPhone 5s foi o aparelho que mais precisou desse tipo de reparo, seguido pelo Samsung J5 e o Motorola G3. Depois dos problemas de tela, os defeitos relacionados à bateria e os causados pelo contato com líquido são os mais recorrentes. De acordo com a empresa, isso não significa que esses modelos são mais frágeis que outros, mas que há mais produtos desse modelo na região de atuação das assistências técnicas.

“Na nossa loja em Itaquera, o Samsung é campeão de entrada, especialmente com os modelos J3 e J5. Já na loja do centro de Campinas, o iPhone aparece mais, principalmente o 5 e o 5S”, diz Edimilson Silva, sócio proprietário da Rede Multi Assistência.

Na maioria das vezes, a quebra da tela é provocada pela queda do smartphone, que danifica o vidro. No entanto, só 10% das lojas da rede fazem somente a troca dessa peça. A maioria faz a troca da parte frontal completa do dispositivo, o que eleva o preço do serviço. “Muitos técnicos não tem equipamento só para o vidro, por isso a maioria prefere trocar o display todo”, conta Edimilson.

No iPhone 5, por exemplo, a troca do vidro custa em média entre R$ 20 e R$ 35, mas a parte frontal completa custa R$ 110. Os preços da mão de obra também variam, mas ficam entre R$ 150 e R$ 200 para os dois serviços. Assim, o valor total para troca do display é de aproximadamente R$ 240 para iPhone 5S, R$ 250 para o Motorola G3 e R$ 430 para o Samsung J5.

Outros danos. Além das telas, as baterias são outra parte dos smartphones que também apresentam problemas com frequência. Edimilson diz que os principais defeitos são a bateria inchar, parar de funcionar após descarregar ou chegar ao fim da vida útil. Em geral, a troca é rápida — cerca de 15 minutos — e custa por volta de R$ 80 para aparelhos mais básicos e chega a até R$ 180 para os de luxo.

Um problema maior, no entanto, são os celulares que são molhados com algum líquido. Nas assistências autorizadas, é declarada perda total do smartphone nesses casos. “O índice de recuperação é de 70%, mas é comum ele voltar a funcionar, mas apresentar outros problemas, como manchas na tela, fones de ouvido funcionando mal ou problemas no carregamento.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Conserta.me

We are a family owned business that provides fast, warrantied repairs for all your mobile devices.

Brooklyn Area

2307 Beverley Rd Brooklyn, New York 11226 United States

1000 101-454555
support@smartfix.theme

Store Hours
Mon - Sun 09:00 - 18:00

San Francisco Area

358 Battery Street, 6rd Floor San Francisco, CA 27111

1001 101-454555
support@smartfix.theme

Store Hours
Mon - Sun 09:00 - 18:00